quarta-feira, 13 de abril de 2011

É vida, somente vida, amigos!



No boletim passado "O Silêncio que assusta" criticamos o comportamento da mídia com relação a aspectos básicos da existência, largamente ignorados, trazendo somente reportagens superficiais, triviais, de cunho consumistas ou que focavam os lados mais negativos, sombrios e assustadores dos acontecimentos diários.
Como que por milagre, na edição de domingo passado -o dia de maior tiragem do Jornal-, a Folha de São Paulo dedicou amplo espaço ao IMA (Instituto de Medicina do Além), uma instituição de Franca (a 400 Km da capital do Estado de SP), onde o médium João Berbel realiza curas não invasivas em até 6.000 (seis mil) pessoas por dia. Isso ainda com direito a Vídeo mostrando os detalhes dos trabalhos incluindo uma entrevista com o médium na versão online da Folha.

No entanto, avalio este belíssimo presente muito mais pela ótica simples do "pedi e vos será dado" do que pelo protesto realizado há quinze dias. A Mente Universal funciona de forma simples e perfeita, mesmo quando aparentemente pouco há de positivo, como grandes perdas de vidas humanas em ações da Natureza ou em atos inconsequentes, como no episodio do massacre de crianças indefesas no Rio, que geram em todos profundo sofrimento e consternação.
Em cada acontecimento incompreensível, procuro diligentemente sinais que indiquem alguma evolução positiva na sociedade, nos envolvidos, nos aflitos familiares e nos que acompanharam pelo noticiário. Tenho a certeza de que nada foi em vão, que tudo se encontra em divina ordem. O dia em que finalmente percebermos que somos seres imortais vivendo em múltiplas d imensões simultaneamente, teremos dado um passo imenso em nossa caminhada. Uma vez dissipado de vez o Véu da Ilusão e o medo da morte, entendendo a fundo este magnífico processo, teremos conquistado a nossa verdadeira liberdade: a de sermos definitivamente nós mesmos, plenos e conscientes de nossa Unicidade, vivendo a cada passo dado nossa essência, focados em nosso interior, guiados em nossa missão na Terra pela intuição, irmanados pela Unidade, mergulhados na Divindade. Simplesmente sendo Luz pura.

Quando busco passar para frente determinados conceitos "abstratos", quase sempre encontro dificuldades. De fato, queria achar as palavras corretas para expressar a beleza que é viver de verdade, ou transmitir o conceito de felicidade plena, se é que de fato tenha eu passado por esta experiência! Muitas palavras talvez nem existam ainda em nosso vocabulário ocidental, sejam pouco utilizadas ou tenham tido seu significado original desvirtuado, corrompido p ela ação sinistra das religiões dominantes.
"Amor", "espiritual", "esotérico", "Deus"... como foram maltratadas e utilizadas fora do contexto estas palavras chave... O que fazer então para que a essência profunda e o conceito absoluto cheguem claros e fortes ao seu coração?

Precisamos talvez sair um pouco da mente racional que identifica, classifica, descreve e buscar algo que todos temos, mas que esquecemos, pois praticamente nunca fomos lembrados de utilizar. Refiro-me ao silenciar a mente e os cinco sentidos e passar a "sentir com o coração".
Ao ir para dentro estaremos acessando nosso centro e, consequentemente, a grande Rede Universal, utilizando os suaves fios, teias e cordões energéticos que estão por toda parte no éter, esperando somente que, libertos de julgamentos, de dogmas e preconceitos, façamos a conexão com a Fonte, o Todo... (uso estas palavras que espero tenham significado para Você!).

Ao conectarmos com o Uni verso, pulsando Amor, Unidade, constatando que não existe separação, que não existe tempo, que o espaço colapsou e tudo ficou perto, que somos muito mais que o corpo físico -mero veiculo transitório para a terceira dimensão-, assumiremos finalmente nossa identidade cósmica, nossa deidade.
Destarte, cessará o medo, desaparecerão as emoções densas, a posse, a cobiça, e a ignorância se transformará em discernimento, em bem-aventurança, em êxtase.

Ao voltarmos destas viagens interiores tudo terá outro significado e saberemos onde e como funcionar neste plano de aprendizado e regeneração. A informação viva e vibrante, o sentir com o coração nos colocarão em outros níveis de realidade. Resgataremos os valores universais e será impossível manter um padrão de frequencia inferior; impraticável será aceitarmos calados tudo o que não espelha a Verdade; saberemos identificar o caminho da felicidade -que nada tem a ver com o material, o TER-, mas consi ste em simplesmente conhecermos a nós mesmos e ao nosso potencial infinito, descobrindo de vez a capacidade de co-criar, de expandir ao máximo o potencial recebido.
E tudo, absolutamente tudo, fará sentido. Inclusive a doença, seu significado e a cura pela Luz, pelo amor, pela doação de seres de Luz despertos, que se dará em poucos segundos. Basta a intenção, o merecimento, a disposição em mudar de rumo, acordando todo o poder inato e ilimitado de ação...

Inúmeros conceitos, regras, normas, rituais antiquados e sistemas hoje considerados como pedras miliares em nossa sociedade consumista e materialista viram pó, perdem seu valor, seu charme efêmero e insosso. Tudo o que separa vira incômodo, maléfico e perturbador.
Sentimentos elevados e vibrações harmoniosas começam a nos acompanhar, a simplicidade, o respeito e a admiração para com todos os reinos da natureza nos levam a contemplar, sentir e apreciar a integração total com a Criação.
Mu damos hábitos alimentares, vestuário, meios de transporte, sabemos instantaneamente quando tentam nos manipular ou enganar. Passamos a abominar autoritarismo, corrupção, hipocrisia, desejo de poder e muitas outras questões maquiavélicas.
Atraímos as pessoas em sintonia sutil com a gente, afinidade que não mais admite controle, superficialidade, que não precisa de contratos, conflitos, assinaturas e afins. Só vale o olhar aberto e franco, o sentir com o coração.

Utopia? Imaginação fértil? Wishful thinking (Doce ilusão)?
Quem navega pelo STUM sabe que é possível, sim; o que está escrito acima existe, pode ser conquistado, talvez seja ainda a razão de o Site ter sido criado... não é algo subjetivo, distante e complexo; é real e todos podem chegar lá, dispensando gurus ou PhDs.
Estamos falando simplesmente da Vida, tão bela e divina, em todas suas manifestações mágicas e que ainda exigem profundas e serenas pesquisas por parte de seres desper tos, capazes e iluminados, uma procura ampla e realizada de mente aberta, acerca de seu significado real e de suas infinitas nuances...

Vamos nos conectar nessa sintonia, nesta vibração de harmonia e paz? Vamos descobrir pelos nossos próprios meios o que é bom para nós, para nosso crescimento e despertar da consciência?
Vamos todos espalhar à nossa volta a verdade que liberta, seu roteiro básico, para os que estiverem prontos, ampliando mais e mais nossa família de alma, em mais um amoroso serviço de Luz para com nossos irmãos?
Somos todos Um, eu sou o outro Você.
Se V. gostou desta mensagem, encaminhe este boletim para seus amigos. LINK

Agradeço aqui os queridos e pacientes Guias e mais a turma toda que permite que o site exista: Rodolfo, Sandra, Teresa, Marcos, Anderson, Ian, Lidiane... e Você!
Namastê (O Deus que existe em mim saúda o Deus que habita em Você).
Sergio STUM

Um comentário:

Silvia Astróloga disse...

Lindo texto! aliás seu blog é muito gostoso! Adoro...
beijos

LS

Free Pics Free Image Hosting Fantasy Pics

CÓDIGOS PARA MEDITAÇÃO

qualidade